O Profissional de Educação pela Professora Irene Santa Comba

Ao partirmos do conceito positivo de saúde emanado pela OMS, como um recurso quotidiano que implica “um estado completo de bem-estar físico, social e mental e não apenas a ausência de doença e/ou enfermidade”, devemos encarar a Educação para a Saúde como um meio para preservar a mesma num contexto quer individual quer colectivo.


Assim, no que concerne à Educação, os professores devem assumir-se como agentes transmissores não só de conhecimentos, mas também de valores e de atitudes favoráveis, capazes de preparar os jovens para a vida adulta, num contexto de sociedade onde seja possível viver. Existem, no entanto, outros vectores indissociáveis neste processo: os pais e a sociedade. Temos, todos, uma responsabilidade acrescida face às gerações futuras.

A educação tem, obrigatoriamente, de se adaptar às necessidades das sociedades, às mutações que o próprio planeta sofre ao longo dos tempos. Embora, na sua essência, mantendo o grande painel de fundo que é educar, não podemos ficar indiferentes às alterações que se vão constatando à nossa volta.

Ao assumir-se este novo perfil, a escola não se poderá esquecer da educação para a Saúde e, neste contexto, da Fotoeducação.

Todos temos assistido às alterações que se têm vindo a processar ao nível da Terra, que, independentemente de serem de origem natural ou antrópica, carecem da maior atenção a nível geral e da nossa em particular.

Devemos, pois, ajustar os conteúdos programáticos das disciplinas que leccionamos às realidades a que assistimos e, concomitantemente, à prevenção, de modo a proporcionarmos uma aprendizagem mais significativa, que se traduza em hábitos e modos de vida mais saudáveis.

Infelizmente e apesar da revisão dos manuais, continuamos a não ter disponível nas diferentes disciplinas em que se aborda a radiação solar, os recursos didácticos capazes de nos facilitar uma abordagem mais efectiva e científica, no domínio do cancro da pele, que nos possa conduzir a uma reflexão mais eficiente e mais conclusiva. Mas não será por aí que deixaremos de fazer aquilo a que nos propusemos quando enveredamos por esta carreira:
O de Educar para que Todos tenham Vida e Vida em Abundância” (Jean Gaillac)

Irene Santa Comba (Colégio de Nossa Senhora do Rosário – Porto)

No Mês passado Fevereiro 2023 No Mês próximo
D S T Q Q S S
5 1 2 3 4
6 5 6 7 8 9 10 11
7 12 13 14 15 16 17 18
8 19 20 21 22 23 24 25
9 26 27 28

Próximos eventos

  • Sem Eventos

Patrocínios Científicos

   

Apoios